UTI Aérea da Sete

UTI Aérea é usada para ajudar paciente a continuar tratamento em casa

A UTI Aérea da Sete não é usada apenas para casos emergenciais. No dia 5 de abril deste ano, usamos nossa aeronave para transportar um paciente de um hospital Recife (PE) a Petrolina (PE), após sua alta. O jovem de 22 anos, Pedro Augusto de Assis, teve um diagnóstico primário de paralisia cerebral e um secundário de escoliose. Após seu tratamento no Hospital Esperança Recife, ele continuou o tratamento no conforto do lar.

A Sete esteve presente desde o momento em que o jovem saiu da instituição de saúde, para que o conforto dele começasse ali mesmo. Desejamos que o tratamento se realize da melhor maneira possível.