covid-19

Sete Táxi Aéreo – Planejamento do voo Aeromédico em meio a pandemia do COVID-19!

Desde a chegada do Coronavirus no Brasil, a rotina de praticamente todas as empresas e pessoas mudaram. Com os voos executivos e principalmente aeromédicos, essas mudanças ainda foram maiores.

Primeiro, por que geralmente a busca por um voo aeromédico ocorre em um momento onde o paciente passa por um grande desafio de saúde, quase sempre com uma vulnerabilidade maior na sua imunidade e risco.

Segundo, pela grande preparação necessária para transportar os pacientes que poderiam estar portando um outro desafio de saúde e ainda se agravar com o Coronavírus, colocando a equipe médica em um alerta ainda maior.

Para que todas as operações ocorra dentro do previsto, com mínimo risco possível, a Sete Táxi Aéreo tornou ainda mais criterioso o planejamento do voo. Os detalhes desde o levantamento cada vez mais preciso do quadro clínico do paciente, análise da melhor data e horário do voo, checagem da vaga no hospital de destino e alinhamento médico para evitar desafios no hospital de origem e destino, planejamento minucioso do transporte terrestre e outros, se tornaram fatores críticos para que as demandas causadas pelo Coronavirus não interfira no atendimento as necessidades dos pacientes que venham a utilizar do transporte aeromédico.

Um dos voos que necessitou de um planejamento diferenciado, integrando aeroportos, foi da Sra. Ligia, de 57 anos, que veio de um voo internacional para o Brasil. A paciente necessitava de ventilação mecânica e foi transportada em uma aeronave com padrão aeromédico da Sete Táxi Aérea do Aeroporto de Guarulhos -SP para Belo Horizonte-MG.

“Em momento crítico, como o que estamos vivendo atualmente na saúde, o planejamento do voo é importantíssimo para garantir o fluxo de atendimento   do cliente com eficácia e segurança. Não podemos só olhar para o transporte aeromédico, mas integrar ele com todos os demais serviços e prestadores para possibilitar a realização com menos imprevistos o possível.” Declara Diogo, Diretor da Sete Táxi Aéreo.

A Sete Táxi Aéreo, está acompanhando assiduamente os desafios que o Brasil, América do Sul, Norte e Central está atravessando. Em virtude disso reorganizou estrategicamente suas aeronaves, equipamentos de UTI aérea, bases e colaboradores para atender as necessidades que já apareceram e irão surgir nesse momento.