UTI

UTI aérea Sete realiza transporte de paciente com problema cardíaco

As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte em todo o mundo. Em 2017, no Brasil, 300 mil pessoas sofreram infartos e em 30% dos casos o ataque cardíaco foi fatal.
O senhor Antônio João Gonçalves de Oliveira , de 70 anos, foi uma dessas vítimas. Portador de doença arterial coronariana, diabetes mellitus insulino-dependente e hipertensão arterial sistêmica, solicitou o transporte via UTI aérea SETE da cidade de Itaituba para Belém, capital do estado do Pará.
Graças ao preparo e experiência de toda a equipe SETE, aliado ao nível de equipamentos de nossas aeronaves, a viagem e os cuidados do paciente saíram dentro do esperado. Os profissionais da SETE possuem formação em ACLS, PALS, ATLS, PHTLS – pré-hospital trauma life support e passam por reciclagens periódicas de cursos voltados para o transporte aeromédico.
A SETE se solidariza com a família do senhor Antônio e reafirma o compromisso de estar à inteira disposição, 24 horas por dia, 7 dias na semana.